Sculptra

O Sculptra em uma substância sintética composta por ácido Poli-L-Lático, não-prejudicial ao organismo e totalmente absorvido por ele. Utilizado para aumentar o volume das áreas da face que apresentam depressões, o Sculptra apresenta excelentes resultados no rejuvenescimento cutâneo, logo na segunda sessão de aplicação. A eficácia do tratamento e sua longa duração são comprovadas por diversos estudos clínicos. O procedimento é tão seguro que dispensa qualquer teste cutâneo antes de ser administrado.

Indicações:
- Rugas, sulcos nasogenianos e labiomentonianos;
- Vincos, pregas e dobras na face;
- Cicatrizes, olheiras;
- Lesões cutâneas degenerativas causadas pelo envelhecimento ou por medicamentos.

Como funciona
O local é limpo com um anti-séptico e em seguida, aplica-se o ácido na segunda camada de pele  A quantidade  depende do tamanho da área a ser restaurada e do resultado que se espera obter.

Aplicações:
A anamnese determinará a quantidade de aplicações. São necessárias de três a seis sessões, com intervalo mínimo de 30 dias. Os resultados duram de um ano e meio a dois anos.  Alguns casos podem requerer novas aplicações.

Resultados:

- Aumento da espessura da pele;
- Crescimento do volume facial;
- Correção das alterações de contorno do rosto;
- Estímulo à produção de colágeno na área aplicada;
- Rejuvenescimento cutâneo.

Precauções:
Qualquer inflamação e infecção cutânea ou a ocorrência de formação de quelóides deve ser informada. O produto é contra-indicado para a região dos lábios e para pacientes que fizeram implantes definitivos. Nas primeiras 24 horas após o tratamento, recomenda-se o uso de compressas com bolsas de gelo e massagem nas áreas de aplicação duas vezes ao dia, a fim de diminuir os edemas e as equimoses. Evitar maquiagem logo após o procedimento, e se expor à luz solar nos próximos 15 dias.